EDUCAÇÃO SOCIOEMOCIONAL


Educação Socioemocional é o processo através do qual os alunos aprendem, dentro do currículo escolar, a refletir e efetivamente aplicar conhecimentos, atitudes e competências necessárias ao longo da vida escolar. Por intermédio das atividades propostas, busca-se educar os corações e inspirar mentes, materializando projetos que contribuam para as transformações destes alunos e, consequentemente, do mundo ao seu redor.

É importante ressaltar que um programa de educação socioemocional deve estar alinhado com as demandas globais e locais da educação, seguindo orientações e diretrizes baseadas em pesquisas sérias e conclusivas a respeito da abordagem a ser adotada. Pensando nisso, o Colégio Pedra Angular adotou em 2016, o Programa Escola da Inteligência, cujo objetivo é desenvolver a educação socioemocional no ambiente escolar. Fundamentada na Teoria da Inteligência Multifocal, elaborada pelo Dr. Augusto Cury, a metodologia promove, por meio da educação das emoções e da inteligência, a melhoria dos índices de aprendizagem, redução da indisciplina, aprimoramento das relações interpessoais e o aumento da participação da família na formação integral dos alunos. Todos os envolvidos - professores, alunos e familiares – são beneficiados com mais qualidade de vida e bem-estar psíquico.

Em conformidade com os 4 pilares da educação preconizados pela UNESCO (aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a ser), o Colégio Pedra Angular em parceria com o Programa Escola da Inteligência, tem a missão de ajudar a tornar a aprendizagem socioemocional uma parte integrante da educação básica, aumentando a capacidade dos alunos de integrar habilidades, atitudes e comportamentos para lidar de forma eficaz e ética com as tarefas e desafios diários. Ensinar as habilidades socioemocionais para uma criança é uma das estratégias mais eficazes para promover sucesso acadêmico e reformas escolares.

As aulas de Educação Socioemocional são semanais para alunos, e periodicamente oferecemos cursos e palestras aos familiares. Um dos nossos objetivos com este programa é incentivar a todos a pensarem sobre as inevitáveis emoções que nos acometem, e de que forma, podemos aproveitá-las a nosso favor, extraindo o melhor dos momentos. Em nossas aulas de Educação Socioemocional, aprendemos juntos que a inteligência não é fixa e pode ser desenvolvida com dedicação e em equipe, incentivamos que podemos sim, falar sobre nossas emoções e sentimentos, sem que isso machuque os que estão em nossa volta, estimulamos a importância de se pensar antes de agir e reagir, experimentamos como é bom elogiar o próximo e, principalmente, pensamos sobre os conflitos e a melhor forma de resolvê-los.



As aulas de Educação Socioemocional estão relacionadas com as cinco competências essenciais, que podem ser ensinadas de várias maneiras e em várias configurações:
  1. Autoconhecimento – capacidade de reconhecer com precisão as próprias emoções, pensamentos, valores e como eles influenciam o comportamento.
  2. Autorregulação – capacidade de regular, com sucesso, as próprias emoções, os pensamentos e os comportamentos em diferentes situações, administrando com eficiência o estresse, controlando os impulsos e motivando a si mesmo.
  3. Consciência social – capacidade de poder trabalhar a cooperação e empatia com os outros para lidar com as diferenças.
  4. Habilidades de relacionamento – capacidade de estabelecer e manter relacionamentos saudáveis e gratificantes com diversos indivíduos e grupos. Promove as condições de se comunicar claramente, ouvir bem, cooperar com os outros, resistir às pressões da sociedade, negociar conflitos e procurar oferecer ajuda quando necessário.
  5. Tomada de decisão responsável – capacidade de fazer escolhas construtivas a partir do comportamento pessoal e suas interações sociais com base em padrões éticos, preocupações com segurança e normas sociais. Pode-se avaliar as consequências de várias ações e suas relações com o próprio bem-estar e dos outros.
Voltar